21 2461-0300

Pneus Run Flat: Como Funciona, Vantagens E Durabilidade

Pneus Run Flat: Como Funciona, Vantagens E Durabilidade

Run flat vem de “run flat tire” ou “pneus que podem rodar vazios”. A tecnologia é relativamente recente, e aos poucos tem chegado em mais modelos de carros. Veja se vale a pena.

Como funciona?

Eles diferenciam-se dos convencionais por terem paredes reforçadas que mantêm as rodas a uma certa altura da pista, impedindo que ela encoste no asfalto, caso a peça esvazie devido a um furo ou impacto.

Isso permite que o motorista continue a dirigir por até 80 quilômetros, ao limite de 80 km/h, sem ter o desconforto de parar para fazer a substituição, além de liberar o espaço no porta-malas que seria do estepe e das ferramentas.

Vantagens:

Caso o pneu perca pressão, você não precisará parar o carro no meio da rua para trocá-lo pelo reserva, o que é muito desconfortável e perigoso em dias de chuva ou em vias com trânsito intenso.

Outra característica é que diferentemente de um pneu comum, o Run Flat foi desenhado para ficar na roda mesmo após o pneu furar, sem que haja perda de controle do veículo.

Durabilidade:

Não é possível falar em um número específico de quilometragem, pois o desgaste varia muito em função do pneu, carro, terreno e tipo de condução. Mas, segundo pesquisa feita pela JD Power, eles duram de 19% a 31% menos que os convencionais e custam em média cerca de 50% a mais. O consumo de combustível também é afetado negativamente com o uso dos Run Flats. Os reforços que o pneu carrega adiciona peso a ele – e os pneus mais pesados ​​podem aumentar o consumo de combustível de 1% a 2%.

Sobre a instalação:

Empresas como Audi, BMW, Mercedes-Benz e Porsche equipam seus carros com o composto. Mas é importante ressaltar que não é qualquer veículo que pode usar pneus Run Flat. Os pneumáticos são homologados para cada modelo, sendo que o veículo traz uma calibragem diferente de suspensão e direção por conta das características do produto e do maior peso dos pneus.

Para instalar esse tipo de pneu é indicado que o carro tenha um Sistema de Monitoramento da Pressão dos Pneus (TPMS), assim é possível detectar e sinalizar as mudanças de pressão do item. Além disso, a suspensão do veículo precisa ser adaptada para os Run Flats, já que eles pesam de 2 a 4 quilos a mais. As rodas do carro também necessitam de um aro especial.

Agora, basta colocar na balança o custo-benefício que um Run Flat poderá proporcionar.

Para conhecer os pneus Run Flat vendidos na Widmen, basta acessar o site https://widmen.com.br/loja/ ou entrar em contato para conversar com nossos profissionais especializados.

Leia mais:

Dicas para economizar na hora da compra dos pneus:

https://widmen.com.br/dicas-para-economizar-na-hora-da-compra-dos-pneus/

Aprenda a ler o pneu do seu carro:

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/aprenda-a-ler-o-pneu-do-seu-carro/

 

 

Open chat