21 2461-0300

Saiba tudo sobre lubrificantes automotivos

oleo

Saiba tudo sobre lubrificantes automotivos

A ação dos lubrificantes é importante para amenizar esse efeito, pois eles formam uma camada na superfície desses materiais, reduzindo o calor provocado pelo contato entre eles. meuautomovelmitosdooleo8 Os fabricantes dos motores são responsáveis por definir a especificação do lubrificante, por isso seguir o manual é a melhor opção. Entretanto, os aspectos técnicos devem ser conhecidos pelos proprietários de veículos, mecânicos e frentistas, do contrário, um engano pode ter consequência desastrosa. Diante disso, como reconhecer o lubrificante mais apropriado para cada carro? Os óleos lubrificantes para motores automotivos podem ser mineral, semisintético ou sintético.  Enquanto o mineral é obtido diretamente do refino do petróleo e atende bem a maioria dos motores, o sintético é desenvolvido em laboratório com aditivos que promove melhor viscosidade, resistência à oxidação, maior poder de limpeza, sendo o mais indicado para carros esportivos que trabalham em regimes mais severos. Já o semisintético é aquele que mistura a base sintética com a mineral e funciona bem em carros com motores fracos ou potentes. Portanto, é recomendável atentar para a viscosidade e também para o desempenho, característica calculada na tabela API, sigla em inglês de Instituto Americano de Petróleo que agrupam os óleos por classificações e, hoje tem o tipo SN como o mais avançado. Levando em consideração as características dos três tipos, se não houver restrição do fabricante quanto ao sintético, ele é o mais recomendado. Os carros com motores flex também precisam de lubrificante específico que se mistura à água formada pelo uso do etanol para evitar a corrosão do metal. O tempo de troca de óleo varia de modelo para modelo, sendo assim deve-se observar a indicação mínima da vareta e a quilometragem recomendada pelo fabricante. Vazamento ou avaria no motor também são motivos para a substituição do lubrificante. Alguns carros mais sofisticados já avisam o motorista através do painel a necessidade de troca. O mais importante é usar apenas um tipo de óleo e, se possível, da mesma marca com especificações iguais. Misturar dois tipos de lubrificante não é aconselhável. Outra dica é substituir o filtro a cada troca de óleo, pois ele tende a reter sujeira, podendo causar entupimento e até fundir o motor. Seguindo essas recomendações, a vida útil do motor do seu automóvel certamente será prolongada. A Oficina Mecânica Geral Widmen trabalha com as melhores marcas de lubrificantes automotivos do mercado e possui equipe apta a realizar a troca de óleo do seu carro com qualidade e eficiência. Por: Gabriela Rabinovici Fique por dentro: Você sabe o que fazer com o lubrificante do câmbio? http://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/o-que-fazer-com-o-lubrificante-do-cambio/]]>

Open chat