21 2461-0300

Saiba mais sobre os aparelhos de fiscalização eletrônica

Saiba mais sobre os aparelhos de fiscalização eletrônica

Por: Gabriela Rabinovici

Presentes na maioria das grandes cidades brasileiras, os aparelhos de fiscalização eletrônica ajudam a dar mais fluidez ao tráfego e a controlar a velocidade, reduzindo assim, o índice de acidentes. Só na cidade do Rio de Janeiro existem atualmente 714 pardais ativos.

Barreiras, lombadas eletrônicas, fotossensores e radares fixos, móveis e portáteis podem multar também, por outras infrações, como avanço de semáforo, parada sobre a faixa, excesso de velocidade, restrição de circulação, conversão proibida e retorno proibido. Os radares fixos, também conhecidos como “pardais”, são os mais comuns.

Primeiramente, é importante saber que as placas de aviso de radares de velocidade não são obrigatórias. Com isso, o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) estimula o condutor a ter o hábito de respeitar o limite de velocidade. Já as placas indicativas de velocidade continuam existindo. Nas cidades elas são obrigatórias em todas as vias fiscalizadas. Quando não houverem placas, o que vale é o que diz o Código de Trânsito Brasileiro.

Atenção!

A nova resolução não permite que radares fixos fiquem escondidos. Tanto radares quanto operações de fiscalização precisam estar visíveis aos condutores. Caso os radares estejam infringindo a legislação, ou seja, estejam escondidos deve-se recorrer aos órgãos responsáveis, munido de fotos e outros instrumentos que comprovem que o referido radar estava oculto e em desacordo com a legislação.

Vale lembrar que os radares não são 100% precisos, sendo necessário passarem por verificações anuais do Inmetro. Todos têm tolerância de 7 km/h, independentemente da velocidade máxima permitida na via.

A lei exige que radares fixos e as lombadas eletrônicas registrem por foto o veículo no ato da infração. No caso das lombadas eletrônicas, os aparelhos ainda precisam indicar em seu display a velocidade do veículo, permitindo que o condutor possa fazer um comparativo entre a velocidade do aparelho e a indicada no velocímetro do carro.

Leia mais:

Conheça os elementos básicos da direção defensiva:

http://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/conheca-os-elementos-basicos-da-direcao-defensiva/

Como evitar cinco situações perigosas no trânsito:

http://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/como-evitar-cinco-situacoes-perigosas-no-transito/

Carlos

Open chat