21 2461-0300

Projeto de lei quer proibir passageiro alcoolizado no banco do carona

Projeto de lei quer proibir passageiro alcoolizado no banco do carona

Por: Gabriela Rabinovici

A imprudência somada às distrações no volante são umas das principais causas de acidentes. Visando minimizar as lesões e fatalidades que acontecem todos os dias no trânsito foi criado um projeto de lei que, atualmente, tramita na Câmara dos Deputados e proíbe o transporte de pessoas no banco do carona que estejam alcoolizadas ou sob efeito de qualquer substância psicoativa que cause dependência.

A prática consistirá em infração gravíssima, podendo gerar sete pontos na carteira de habilitação, além de multa e retenção do veículo.

O intuito é evitar que a condução do veículo seja prejudicada pelo passageiro embriagado, que pode tomar atitudes que venham a atrapalhar o motorista na direção, como tentar movimentar o volante, puxar o freio de mão e ter ânsia de vômito. Essa atitudes representam perigo para a segurança no trânsito e podem provocar acidentes graves.

Em países como Macedônia e Bósnia-Herzegovina esta restrição já está em vigor e esse tipo de medida de prevenção são comuns em códigos de conduta de trânsito. Já nos Estados Unidos e no Canadá, há um rigor maior, pois basta que o passageiro no banco dianteiro esteja com uma latinha de cerveja em mãos para se configurar infração.

O autor do polêmico projeto é o deputado federal Flavinho (PSB-SP). Ele ainda será analisado no plenário e, se aprovado, modificará o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9503-97).

Leia mais:

Saiba quais são as principais distrações ao volante:

http://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/saiba-quais-sao-as-principais-distracoes-ao-volante/os

7 mitos sobre a legislação de trânsito:

http://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/7-mitos-sobre-a-legislacao-de-transito/

Carlos

Open chat