21 2461-0300

O que você deve saber sobre blindagem de carros

O que você deve saber sobre blindagem de carros

Blindar um veículo não é um procedimento simples e barato, por isso, deve ser previamente estudado, saber se o motorista é realmente um alvo em potencial e estar atento à documentação e manutenção do veículo. Para realizar a blindagem é preciso ter a autorização do exército, além de uma regulamentação especial. O processo que dura, em média, 35 dias envolve etapas de desmontagem, blindagem opaca, blindagem transparente, remontagem e testes de campo. No Brasil existem quatro níveis de proteção de blindagem: o I, II-A, II e III-A, o último é o mais eficiente, o mais caro e o mais utilizado em carros de passeio. A proteção do III-A suporta calibres como o da Magnum .44., uma das mais comuns. A chapa de aço utilizada não tem validade, mas a blindagem utilizada no vidro aguenta 10 anos. A manutenção periódica é fundamental, a cada seis meses é preciso fazer a revisão, já que o veículo roda com mais peso e os desgastes das peças acabam sendo inevitáveis. Com a blindagem, há a necessidade de trocar as molas traseiras para o carro ficar mais estável e adicionar amortecedores a gás nos vidros das portas dianteiras. Lembrando que, 60 dias após a blindagem, o motorista precisa fazer a revisão para verificar a instalação. O custo para blindar um carro, dificilmente será inferior a 40 mil reais para uma proteção menor, enquanto a média fica em torno de 50 mil reais e a maior pode chegar a custar 75 mil reais. A garantia é de, geralmente, dois anos com cobertura para defeitos da blindagem. Curiosidades: – Os pneus não podem ser blindados, mas recebem uma proteção especial; – O consumo de combustível aumenta ligeiramente, devido ao peso extra que varia de 70 kg a 130 kg; – Um automóvel blindado pode sofrer desvalorização na revenda; – Vários tiros em um mesmo local podem penetrar a blindagem. É importante ficar atento ao preço oferecido pela blindadora, se estiver abaixo do mercado é bom suspeitar, pois toda a instalação tem um alto custo. Busque empresas com referências para realizar o serviço. Por: Gabriela Rabinovici Leia mais: Entenda a diferença entre carros elétricos e híbridos: http://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/entenda-a-diferenca-entre-carros-eletricos-e-hibridos/ Conheça as funcionalidades dos retrovisores inteligentes: http://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/conheca-as-funcionalidades-dos-retrovisores-inteligentes/              ]]>

Carlos

Open chat