21 2461-0300

O que dificulta a troca de marchas?

O que dificulta a troca de marchas?

Reparos ou substituição de transmissão são estressantes, inconvenientes e é um gasto que pode ser economizado, basta prestar atenção em qualquer atividade anormal, respeitar os procedimentos de manutenção recomendados e o cronograma de revisão indicado pelo fabricante do veículo. troca-marcha-carro Conheça os tipos de problemas mais comuns que dificultam a troca de marchas e quais sinais você deve notar: Fluido de embreagem: Um vazamento é, provavelmente, o sintoma mais reconhecível e deve ser reparado o mais rápido possível. O fluido é essencial em automóveis com sistema hidráulico de embreagem, porque lubrifica e facilita o engate de marchas. Se o líquido estiver baixo, o pedal fica pesado, por isso, é recomendado realizar a troca a cada 50 mil quilômetros rodados. Óleo de caixa: Fique de olho na viscosidade do óleo, se ela não estiver adequada, a caixa de marcha pode apresentar ruídos e desgaste acentuado nas engrenagens. O ideal é trocá-lo a cada 50 mil quilômetros rodados. Platô: Deformações nas chapas tangenciais comprometem a abertura do platô. A consequência é pedal duro e problemas para engatar a marcha. Cabo de embreagem: As marchas de transmissão manual são trocadas através de um cabo, que vai da alavanca de marchas ao trambulador. Ele pode ser danificado e dificultar a troca de marchas e antes de arrebentar, o cabo pode apresentar ruídos. Rolo do eixo piloto: Ao realizar a troca da embreagem, o motorista deve observar a lubrificação do rolamento. Se ele não estiver devidamente lubrificado ou já estiver avariado pode apresentar ruídos ao arrancar com o veículo ou ao acionar a embreagem. Estrias do disco: Se o eixo piloto estiver oxidado pode interferir no deslocamento do disco. Resultado: o motor não conseguirá se separar totalmente do câmbio, sendo difícil engatar as marchas, sobretudo a marcha ré. Um profissional deve realizar a limpeza das estrias do eixo piloto na troca da embreagem. Em seguida, lubrifica-se o conjunto. Ao notar algum desses sinais vá imediatamente a uma oficina mecânica especializada para que um profissional faça o devido diagnóstico e realize o conserto. A Widmen é especialista  e está apta para fazer a manutenção do sistema de transmissão do seu automóvel. Por: Gabriela Rabinovici Leia mais: Desgaste na embreagem: como evitar? http://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/desgaste-na-embreagem-como-evitar/ Quando trocar e como conservar os amortecedores do carro: http://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/quando-trocar-e-como-conservar-os-amortecedores-do-carro/    ]]>

Carlos

Open chat