21 2461-0300

É seguro abastecer com gasolina formulada?

É seguro abastecer com gasolina formulada?

Por: Gabriela Rabinovici
A gasolina é um dos combustíveis mais utilizados no Brasil nos motores chamados endotérmicos. Derivada do petróleo, os três tipos mais conhecidos de gasolina são: comum, aditivada e premium, mas há ainda, a formulada, que gera muitas dúvidas nos motoristas.
Por ser mais barata de ser obtida do que a refinada da maneira tradicional, existem diversos questionamentos em torno da qualidade deste tipo de combustível. Mas, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), toda a gasolina produzida no Brasil é formulada. Isso porque a gasolina é uma mistura de correntes de hidrocarbonetos que pode ser obtida por diferentes processos, podendo ser feita por refinaria ou por outros agentes econômicos autorizados pela ANP, como formuladores e centrais petroquímicas.
Embora muitas pessoas associem formulação com adulteração do combustível, o órgão garante que a gasolina formulada só chega ao consumidor final após atenderem os padrões de qualidade estabelecidos pela Resolução ANP nº 40/2013, sendo assim, não causa danos ao motor do carro.
Em algumas cidades e estados já existem leis que obrigam os postos a informar o consumidor sobre qual o tipo de gasolina é vendida, mas não é uma regra válida para todo o país.

Atenção!
Gasolina adulterada e fora das especificações da ANP pode provocar falhas de funcionamento do motor, independentemente de sua origem, por isso, fique atento a alterações súbitas de consumo ou desempenho.
Segundo a assessoria da ANP, quando é encontrada alguma adulteração ou má qualidade nos produtos durante as fiscalizações, pode-se desde interditar a bomba até fechar o estabelecimento.

Denúncia de irregularidades:
Para proteger-se, o consumidor precisa analisar o estado e as condições do posto e abastecer somente em locais de confiança. Caso desconfie de algo, o usuário pode denunciar o posto através do telefone 0800 970 0267 ou no portal da ANP: http://www.anp.gov.br/wwwanp/fale-conosco

Leia mais:
Os perigos de abastecer o carro com combustível adulterado:

Os perigos de abastecer o carro com combustível adulterado


Mais etanol na gasolina: qual é o efeito para o motor?

Carlos

Open chat