21 2461-0300

Os riscos de andar com o tanque na reserva

Os riscos de andar com o tanque na reserva

Além do risco do carro parar em alguma via (“pane seca”), isso resulta em multa prevista de R$ 85,13 pelo Código de Trânsito Brasileiro, quatro pontos na carteira de habilitação e a remoção do veículo, dependendo do local. 104960_PANESECA Outra consequência desagradável é o dano na bomba de combustível. Devido ao tanque seco, a bomba começa a trabalhar em temperatura elevada e logo estraga. O combustível é o responsável por arrefecer e lubrificar a bomba e com pouco líquido no tanque, as impurezas ficam concentradas no fundo, causando a obstrução. Isso implicará na limpeza profunda ou troca do item. Ladeiras, freadas buscas e curvas acentuadas exigem muito do carro e se ele estiver com o tanque na reserva, o risco de entrar ar na linha de combustível é grande, o que pode ocasionar falha no motor e na bomba. Quando está na reserva, a quantidade média de combustível no tanque é de 5 a 8 litros, dependendo do modelo e essa quantidade é feita para ser utilizada em casos de emergência. O motorista pode percorrer, em média, 10 quilômetros por litro. Atenção! – Quando a luz amarela acender procure o primeiro posto para realizar o abastecimento. – Fique de olho no marcador! Deixe o carro com pelo menos ¼ do tanque cheio. Ao atingir esse limite, abasteça! – Entre em contato com o seguro do veículo, caso ocorra a “pane seca”. Observe sempre os sinais do seu carro e evite prejuízos. Se o seu veículo apresentar problema na bomba, a oficina mecânica geral Widmen está apta para resolver com rapidez e eficiência. Por: Gabriela Rabinovici Saiba mais: Não abasteça “até a boca” http://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/nao-abasteca-ate-a-boca/ Mais etanol na gasolina: qual é o efeito para o motor? http://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/mais-etanol-na-gasolina-qual-e-o-efeito-para-o-motor/  ]]>

Open chat