21 2461-0300

Aprenda a identificar problemas nas molas do carro

Aprenda a identificar problemas nas molas do carro

Por: Gabriela Rabinovici

As molas são itens do sistema de suspensão, responsáveis por absorver, juntamente com os amortecedores, os impactos sofridos pelo carro, devido às irregularidades do solo. Podem ser do tipo feixe ou helicoidal.

Como todos os componentes do carro, as molas também estão sujeitas à avaria e é importante que o motorista saiba identificar os sinais que indicam problemas nos itens.

Um dos principais indicativos de problemas nas molas é quando acontece perda de altura do veículo, na parte da frente, da traseira ou lateral. Além do desgaste natural, isso acontece, porque muitos motoristas resolvem tunar seus carros e cortam as molas para deixar os veículos rebaixados. Essa prática não é permitida por lei o ideal é comprar molas próprias para rebaixamento.

Outro sinal de problema é ferrugem na mola, o que favorece o surgimento de trincas e a consequente quebra da peça. Peças descascadas devem ser verificadas por um profissional.

Se notar que os elos ou espirais da mola estão batidos, procure ajuda especializada para trocar os itens. Nesse estado, há perda da estabilidade do veículo e desgaste precoce de outras peças da suspensão.

Batentes avariados arriam as molas, fazendo-as perder a capacidade de absorver os impactos. A substituição das molas helicoidais deve ser feita a cada 60 mil quilômetros e dos feixes de mola a cada 70 mil quilômetros.

Para evitar problemas no sistema de suspensão faça a manutenção preventiva do seu carro em uma oficina mecânica de confiança como a Widmen.

Leia mais:

Saiba quando trocar suspensão, molas e amortecedores:

http://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/saiba-quando-trocar-suspensao-molas-e-amortecedores/

Desgaste na embreagem: como evitar?

http://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/desgaste-na-embreagem-como-evitar/

]]>

Carlos

Open chat