21 2461-0300

5 mitos sobre a gasolina aditivada

5 mitos sobre a gasolina aditivada

Por: Gabriela Rabinovici

A gasolina é um dos combustíveis mais utilizados no Brasil nos motores chamados endotérmicos. Derivada do petróleo, os três tipos mais comuns de gasolina são: comum, aditivada e premium, mas a aditivada é uma das que gera mais dúvidas nos motoristas.

Acrescida de aditivos detergentes-dispersantes, a gasolina aditivada tem a função de limpar o sistema de alimentação de combustível (tanque, bomba de combustível, tubulações, carburador, bicos injetores e válvulas do motor). É o tipo que menos polui, possui coloração esverdeada e 27% de etanol anidro em sua composição. Se o motorista que utilizava gasolina comum quiser passar a usar a aditivada, terá que mudar gradativamente para que os bicos injetores não entupam. Saiba mais sobre o tipo e conheça os principais mitos:

1 – A gasolina aditivada é mais pura

MITO. Ela simplesmente traz aditivos em sua composição, que incluem detergentes para limpar a sujeira interna e dispersantes para “quebrar” essa sujeira e fazê-la queimar juntamente com o combustível e elementos que formam uma película protetora sobre cilindros, pistões e outros componentes.

2 – A gasolina aditivada “vicia” o motor

MITO. Ela pode ser usada em qualquer proporção que o motor do carro faz automaticamente o reconhecimento para receber o combustível.

3 – A gasolina aditivada aumenta a potência do veículo

MITO. Apenas gasolinas de alta octanagem ajudam a elevar os números de potência e torque em motores de alto desempenho. A gasolina aditivada tem a mesma octanagem da comum.

4 – Todas as gasolinas aditivadas têm a mesma especificação

MITO. Cada marca tem sua fórmula específica de aditivos, incluindo detergentes, dispersantes e agentes que formam a película de proteção.

5 – Gasolina aditivada não compensa

MITO. Ela é um pouco mais cara, mas a médio e longo prazo ajuda a reduzir custos com manutenção, preservando peças dos sistemas de combustão e ignição, e ainda contribui para maior eficiência do motor, podendo reduzir o consumo.

Dica:

Procure abastecer o carro com combustíveis de qualidade em postos de confiança!

Saiba mais:

Mais etanol na gasolina: qual é o efeito para o motor?

http://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/mais-etanol-na-gasolina-qual-e-o-efeito-para-o-motor/

Tanque cheio ou quase vazio, o gasto é o mesmo:

http://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/tanque-cheio-ou-quase-vazio-o-gasto-e-o-mesmo/

Carlos

Open chat